<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://px.ads.linkedin.com/collect/?pid=2414825&amp;fmt=gif">

 

Participar de uma aula online, tendo uma troca com os colegas e professores em tempo real, como se estivesse em sala de aula. Ou melhor, aprender o conteúdo da escola ou faculdade com realidade virtual aumentada, de forma muito mais imersiva e interativa. Tudo isso são planos para o 5G doméstico, que já é uma realidade próxima nos Estados Unidos.

O 5G doméstico será como uma banda larga fixa, mas com todas as vantagens e velocidades superiores da nova tecnologia. A proposta é da operadora norte-americana T-Mobile, que vai fornecer velocidades de download de 50 a 100 Mbps, e upload entre 10 e 25 Mbps, sem limite de dados.

Para que isso aconteça, os clientes que assinarem o plano vão receber um roteador e um modem, que vai converter o sinal 5G em Wi-Fi, distribuindo o sinal de internet para todos os dispositivos da casa.

Cerca de 50% da população mundial ainda não tem acesso à banda larga, segundo os dados do relatório Estado da Banda Larga 2019, e seria uma grande oportunidade de crescimento de acessos fixos sem fio (FWA, do inglês Fixed Wireless Access) para as operadoras, levando vantagens também para toda a população.

O que muda com o 5G doméstico?

Estar online faz mais parte da nossa rotina do que tomar café: a internet é essencial nos processos de trabalho, de aprendizagem e até de entretenimento. E não podemos falar de rede doméstica sem citar a Internet das Coisas (IoT), onde eletrodomésticos conversam entre si e usam a inteligência artificial para melhorar a vida dentro de casa.

A educação a distância, citada no início do texto, por exemplo, será uma das áreas beneficiadas pelo 5G doméstico. A tendência trazida pela pandemia veio para ficar, e provou que o aprendizado e a tecnologia andam lado a lado - os alunos do futuro vão aprender de forma muito diferente do que 5 anos atrás.

A nova proposta da banda larga fixa também traz benefícios para o entretenimento, afinal, as plataformas de streaming estão, cada vez mais, disponibilizando produções em Full HD e em 4k, o que demanda ótima conexão.

A tecnologia no Brasil

Para os brasileiros, o 5G doméstico parece uma realidade um pouco mais distante: o leilão da rede móvel estava previsto para julho deste ano, com implantação da tecnologia nas capitais até julho de 2022 - um passo atrás em relação ao resto do mundo, que já está com o 5G em andamento. A quinta geração de redes móveis deve revolucionar o país nos próximos anos, trazendo inovação para diferentes segmentos.

De modo geral, são muitas as apostas mundiais sobre as novas tecnologias e transformações que a chegada do 5G vai trazer: ampliação do uso de realidade aumentada, Internet das Coisas, transmissão ao vivo com mais interatividade e menos latência, cloud gaming - streaming que permite processar jogos na borda da rede ao invés de consoles domésticos -, e muito mais.

Acompanhe nossos meios de comunicação e fique por dentro de todas as atualizações e notícias sobre a conexão de quinta geração e as novidades na área de telecom.

Equipe de Marketing

Equipe de Marketing

Equipe de marketing da QMC Telecom

qmc_CTA_fim_Blog_Tablet_ebook
GOSTOU DO CONTEÚDO? A GENTE ESPERA QUE SIM! :)

Aproveita então e dá uma olhada nesse E-book sobre Transformação Digital na gestão hoteleira: falamos sobre reputação online, sistemas de reserva, experiência do consumidor, e o futuro da revolução digital nos hotéis.

BAIXE AGORA

DEIXE UM COMENTÁRIO

Assine nossa newsletter!

New call-to-action