<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://px.ads.linkedin.com/collect/?pid=2414825&amp;fmt=gif">

Aumento de 100% de conexão celular na área de preservação, sem impacto ambiental

Um dos destinos mais procurados pelo mais de 2,5 milhões de turistas que visitam o Rio de Janeiro é o Cristo Redentor, um monumento de 38 metros de altura e 1.145 toneladas, cartão postal da cidade, e uma das 7 maravilhas do mundo, de acordo com a Unesco. Localizado no alto do morro do Corcovado, dentro do Parque Nacional da Tijuca, uma área coberta por vegetação e sombras, em que quase não há conectividade de celular.

Antes de subir no Cristo, os turistas precisam passar pelo Centro de Visitantes do Paineiras -Corcovado, antigo Hotel das Paineiras, construído em 1884, local de espera para pegar o trem ou as vans que vão até o Cristo Redentor. O espaço também oferece opções de restaurante e compras. Imagine está, literalmente, há 10 minutos do Cristo e não ter acesso à internet ou realizar chamadas telefônicas? A comunicação é extremamente importante em um ponto turístico que recebe, anualmente, quase 2 milhões de pessoas de várias partes do mundo.

Para resolver este problema, o complexo precisava de uma solução de baixo impacto visual que proporcionasse uma conectividade sem fio com alta qualidade para um grande fluxo de pessoas. Por isso, o espaço fechou parceria com a QMC Telecom, que conta com uma equipe de especialistas em infraestrutura de telecomunicação indoor. Por meio de uma solução de Distributed Antenna System (DAS), que cobriu 100% de conectividade do espaço, em menos de 2 meses.

O Centro de Visitantes Paineiras Corcovado pertence ao grupo Cataratas, que desde 1999 gerencia e opera importantes empreendimentos em parques e atrações turísticas no país, como o Aquário do Rio de Janeiro, Cataratas do Iguaçu e Marco das três Fronteiras.

Estudo para viabilidade da área

Como o complexo dos visitantes fica em uma área de preservação ambiental, a QMC se preocupou em fazer um estudo de viabilidade da área que não prejudicasse a fauna e a flora do local, e apresentou o documento com mais de 30 páginas para o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, o ICMBIO, seguindo toda legislação necessária.

Antes da construção do projeto, a equipe da QMC também fez uma pré-análise do sistema de conectividade existente, considerando uma coleta de dados de amostras de sinais existentes na frequência 4G na área do Centro de Visitantes. O resultado mostrou que o Wi-Fi disponível no local não suportava o grande fluxo de visitantes por dia, que frequentavam restaurantes, lojas e também necessitavam de conexão, principalmente na área da exposição fixa Floresta Protetora - que conta com painéis digitais, projeções interativas e simulações de ecossistemas, além da história do Parque Nacional.

DAS Ativo: a solução ideal

Do inglês Distributed Antenna System, ou um sistema de antenas distribuído, o DAS é uma solução de infraestrutura de telecom para ambientes fechados que se conecta à rede de operadoras por meio de pequenas antenas espelhadas pelo local. No caso do Centro de Visitantes do Paineiras- Corcovado, 44 antenas foram instaladas, em diferentes pontos do empreendimento, o que representou uma área total de cobertura de celular de mais de 6.000.000 m².

Por contrato, a equipe da QMC precisa de um espaço escondido para alocar os equipamentos, que deve ter, em média, 40m² de área útil e que não prejudique a circulação de pessoas. No caso do corcovado, este foi um grande desafio, visto que o espaço era bastante escasso e com cerca de 80% área ocupada pelo próprio complexo de visitantes, além de vans e lanchonetes. O local selecionado foi um corredor que ficava atrás de do centro de visitantes, onde ficaram todos os materiais da companhia e também da operadora.

Por ser um ponto turístico, as obras para instalação do DAS tiveram que se adaptar aos horários limitados e alternativos, visto que o local funciona das 08h às 18h. Outra questão importante, foi a preocupação com arquitetura e harmonização do espaço, para inserir as antenas em locais que elas poderiam ser camufladas com o teto do restaurante, por exemplo.

Resultados: aumento de 100% da conectividade

Antes da implantação do DAS, o espaço, que fica a 700 metros acima do nível do mar, praticamente não havia serviço de sinal de celular nos pontos mapeados pela equipe da QMC, o que dificultava na hora de publicar fotos e vídeos, mas principalmente na comunicação com turistas estrangeiros, que tinham problemas em pedir uma informação ou chamar um aplicativo de transporte.

Após o projeto, houve um aumento de 100% em conectividade de sinal no local, o que representa também mais segurança para visitantes para fazer chamadas com a família e registrar um momento único, a poucos metros do Cristo Redentor.

Para fazer o monitoramento e controle das antenas instaladas, a QMC utiliza o NOC (Network Operation Center), que garante que a infraestrutura opere sempre na melhor qualidade e capacidade possíveis, por meio de relatórios e dashboards, durante 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Com a palavra, o cliente

“O sistema da QMC conseguiu aumentar a conectividade para os nossos visitantes, sem ocasionar qualquer tipo de transtornos a nossa Operação. Os equipamentos não possuem qualquer tipo de impacto visual e são praticamente imperceptíveis para o visitante. O trabalho da QMC foi muito bom, atualmente já temos uma Operadora no nosso sistema e estamos caminhando para termos mais uma, o que irá melhorar ainda mais essa conexão”, disse Kalil Saad, Gerente de Operações no Paineiras Corcovado.

Equipe de Marketing

Equipe de Marketing

Equipe de marketing da QMC Telecom

qmc_CTA_fim_Blog_Tablet_ebook
GOSTOU DO CONTEÚDO? A GENTE ESPERA QUE SIM! :)

Aproveita então e dá uma olhada nesse E-book sobre Transformação Digital na gestão hoteleira: falamos sobre reputação online, sistemas de reserva, experiência do consumidor, e o futuro da revolução digital nos hotéis.

BAIXE AGORA

DEIXE UM COMENTÁRIO

Assine nossa newsletter!

New call-to-action