<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://px.ads.linkedin.com/collect/?pid=2414825&amp;fmt=gif">

A palavra conectividade pode ser aplicada em vários contextos e, no principal deles, se refere à capacidade ou possibilidade de operar em um ambiente de rede. Quando olhamos os sinônimos de conectividade, lembramos de união, junção, contato, ligação e vínculo.


Nos lembramos de conexão

Depois de um ano de tantos desafios frente a uma pandemia mundial e de distanciamento social, a conectividade foi essencial para nossas relações afetivas e de trabalho.

Foi fundamental para a educação dos nossos filhos: um bilhão e meio de jovens precisam agora de aulas online devido à pandemia da COVID-19.

A revolução digital trouxe a tecnologia para dentro das nossas vidas de uma forma totalmente orgânica: Internet das coisas (IoT), Big data, Inteligência artificial, Machine Learning, Computação em nuvem, Realidade Virtual, Realidade Aumentada…

Coisas que até então só eram vistas como ficção-científica se tornaram realidade e, o mais importante, acessíveis. Mas toda essa conectividade não apareceu do nada. Novas tecnologias e aplicações foram surgindo ao mesmo tempo em que criavam e mudavam os nossos costumes.

Paralelamente, a infraestrutura de telecomunicações evoluiu para acompanhar essa demanda para que o “estar online” se torne uma constante no cotidiano das pessoas.

Em qualquer lugar em que as pessoas estejam.

Porque o Ano Novo chegou

A chegada de um novo ano se reveste de um simbolismo especial: é momento de esperança, de reconexão com nossos princípios, de definição de novos objetivos e renovação de compromissos.

As pessoas estão ansiosas por um ano mais leve, por uma volta à normalidade, ainda que o normal também seja algo novo.

Celebrar com conectividade

A celebração se dará de uma outra forma e mais uma vez a conectividade será fundamental para aproximar as pessoas, ainda que de maneira virtual.

Mesmo com menos eventos de massa que possam representar riscos de aglomeração, um problema na virada de ano será garantir cobertura celular para turistas na orla das praias ou em locais públicos, em cidades turísticas, observando à distância os grandes eventos de queima de fogos.

A linda paisagem da praia e seu calçadão contrastam com os arranha-céus da orla que podem funcionar como barreiras para as telecomunicações, especialmente à telefonia celular.

Outras cidades de alto potencial turístico vão acolher milhares de visitantes que dependem de uma infraestrutura adequada da rede móvel que possa prover capacidade e cobertura de sinal de qualidade.

Quanto mais estações de telefonia móvel tivermos, melhor será o nível do sinal nesses locais. Inserir novos pontos e cobertura significa aumentar a capacidade da rede, e a principal consequência é a melhoria na experiência do usuário ao navegar.

A solução é o que chamamos de SLS - Street Level Solution

O que fazer para garantir conectividade para os usuários, seja na questão de cobertura ou capacidade? Simples! Basta que utilizemos soluções de infraestrutura mais flexíveis e adaptadas ao ambiente urbano tais como as soluções SLS.

É impossível falar do aumento da demanda por conectividade sem relacioná-la à urbanização. As cidades cresceram muito nas últimas décadas, tanto em população quanto em estruturas. Mais e mais prédios tomam conta da nossa paisagem, não apenas nos centros urbanos, mas também nos bairros. É uma expansão que não irá parar tão cedo.

As soluções SLS (Street Level Solution) são essencialmente infraestruturas de baixa altura mimetizadas ao ambiente urbano que alavancam a infraestrutura disponível utilizando mobiliário urbano para melhorar a cobertura das operadoras.

Em resumo, as soluções SLS aparecem como solução para duas questões principais:

  •     Problemas de capacidade, quando um evento ou qualquer outra razão provoca um aumento localizado de usuários e de conexões além do que a rede suporta.
  •     Problemas de cobertura, quando por conta de barreiras físicas ou mesmo impossibilidade de instalação de uma torre ou utilização de um roof top ocorrem lacunas na cobertura da rede das operadoras.

Cidades Inteligentes

O conceito de Smat Cities vem se tornando cada vez mais presente nas discussões de planejamento urbano atuais.

As cidades inteligentes usam a tecnologia de modo estratégico para melhorar a infraestrutura, otimizar a mobilidade urbana, criar soluções sustentáveis e outras melhorias necessárias para a qualidade de vida de seus moradores.

Nesse sentido é fundamental o investimento em infraestrutura básica de telecomunicações adequadas as necessidades específicas de cada localidade.

Um exemplo desse tipo de iniciativa foi observado recentemente na prefeitura de Camboriú (PR), que procurou a QMC Telecom justamente para não cair na armadilha de ter seus turistas frustrados ao tentar enviar suas mensagens na hora da virada.

Confira o nosso case do Balneário Camboriú

Uma vida com tecnologia

Hoje, a vida das pessoas gira em torno da tecnologia, seja no seu uso direto ou na melhoria da qualidade de vida por meio dela.

Até 2023, o Brasil terá mais de 199 milhões de usuários totais da internet (92% da população), mais de 180 milhões de usuários móveis totais (84% da população) e 5Gb de média de consumo mensal de dados.

Que o Ano Novo seja a redenção e traga a cura para esta pandemia

A equipe QMC Telecom deseja a todos um Ano Novo repleto de notícias boas, muita saúde e felicidade a todos.

Queremos estar mais uma vez juntos de nossos parceiros e clientes oferecendo soluções especializadas não apenas para as infraestruturas de telecomunicações, mas também para o seu modelo de negócio.

Desejamos um Feliz 2021 com todos conectados!

Se você gostou deste conteúdo e gostaria de receber as novidades do QMC Conecta diretamente no seu e-mail, assine a nossa newsletter. Lembre-se, você pode contar conosco para ajudar a superar o atual cenário. 

Luis Bernardes

Luis Bernardes

Com mais de 20 anos de experiência na área de telecomunicações, Luis ocupou cargos de diretoria nas maiores empresas do segmento, tais como Alcatel, Telemig Celular, Vivo e Claro, onde foi Vice Presidente responsável pelas áreas de Logística, Implantação de Redes e Administração de Real Estate, entre outras atribuições. Possui ainda sólida experiência nos setores de Educação Superior e Tecnologia, onde atuou como CEO da boo-box (digital advertising), COO da 99 taxis e como membro independente do board da AFFERO LAB, empresa de tecnologia de ensino corporativo. Juntou-se a QMC em 2017 com a responsabilidade de desenvolver novos produtos, aliando sua experiência em infraestrutura de telecom e aplicações de tecnologia.

qmc_CTA_fim_Blog_Tablet_ebook
GOSTOU DO CONTEÚDO? A GENTE ESPERA QUE SIM! :)

Aproveita então e dá uma olhada nesse E-book sobre Transformação Digital na gestão hoteleira: falamos sobre reputação online, sistemas de reserva, experiência do consumidor, e o futuro da revolução digital nos hotéis.

BAIXE AGORA

DEIXE UM COMENTÁRIO

Assine nossa newsletter!

New call-to-action